Motorola lança família Moto G6, com câmera inteligente e por até R$ 1,6 mil, e apresenta Moto E5

Abr 19

Lançamentos são os primeiros do brasileiro Sergio Buniac à frente da empresa.

A Motorola, empresa da Lenovo, apresentou nesta quinta-feira (19) o novo Moto G6, a nova edição da linha de celulares que já vendeu 30 milhões de unidades no Brasil e dessa vez recebeu um toque de inteligência artificial para, por exemplo, reconhecer objetos captados pela câmera e fornecer informações sobre eles ou transformar textos fotógrafos em documentos digitais, além de entender comandos de voz para executar tarefas. A nova linha marca a volta do Moto G6 Play. Os preços começam em R$ 1,1 mil.

O Moto G é a linha que leva recursos de smartphones potentes, os top de linha, a um celular com preços intermediários. Os preços deles são:

 

  • G6 Play: R$ 1,1 mil;
  • G6: R$ 1,3 mil;
  • G6 Plus: R$ 1,6 mil.

 

 

Os três aparelhos da linha, Moto G6, Moto G6 Play e Moto G6 Plus, embarcaram na onda das telas espichadas. “A tela cobre mais de 80% da frente do aparelho”, diz Dery.

A Motorola também apresentou os novos aparelhos da linha Moto E, o E5 e o E5 Plus (com tela de 6 polegadas e bateria de 5 mil mAh).

O lançamento mundial da sexta geração do celular foi realizado em São Paulo devido à importância do Brasil para a empresa. Esse é o primeiro lançamento após o brasileiro Sérgio Buniac ter assumido a liderança global da empresa.

“Há quatro anos ocupamos a posição número dois no país e o Brasil é o terceiro mais importante para a companhia”, diz Sérgio Buniac, presidente da Motorola. As vendas da Motorola cresceram 22% no Brasil em 2017, ano fraco para smartphones no país.

 

 

Câmera

A Motorola adicionou alguns recursos à câmera, como o foco seletivo, em que o primeiro plano ou o fundo podem ser desfocados. O aparelho também pode incluir filtros sobre rostos captados em fotos ou vídeos.

A Motorola optou por não criar um aplicativo próprio para armazenar as fotos e escolheu transformar o Google Photos na biblioteca de imagens do Moto G6.

 

Inteligência artificial

Pela primeira vez, a Motorola levou comandos de voz à linha Moto G. Com esse recurso, é possível dizer em voz alta um pedido, trocar de música ou procurar por hotéis na região, e o celular irá executado.

Além disso, a inteligência artificial foi levada a outras derreamentos, como a câmera. Ela será capaz de identificar objetos, monumentos e produtos exibidos em uma imagem registrará por ela.

 

 

Bateria

O modelo de carregamento rápido chegou a todos os modelos da linha G6.“Se você tem do 15 minutos para carregar seu aparelho, você ganhará 6 horas a mais de carga”, comparou Dery.

Sensor de impressões digitais

Os novos smartphones G6 e G6 Plus continuam a ter sensor de impressão digital, que não só desbloqueia a tela inicial, mas passa a executar novas funções conforme o usuário mexe o dedo sobre ele.

O sensor de digitais executa todas as funções dos tradicionais botões de celulares Android. Ao deslizar o dedo para direita, o aparelho lista o multitarefas, que exibe as aplicações abertas. Para a esquerda, volta para o serviço aberto anteriormente. Ao apertar o sensor, retorna-se à tela inicial. Quando o sensor é pressionado, o Google Now é acionado.

No ressuscitado Moto G6 Play, o sensor foi para a traseira do celular e só serve para destravar o aparelho.

 

*Fonte: G1

Loading...

Categorias

Últimas Postagens

Título da postagem com limitação de caracteres.

Subtítulo da postagem com limitação de caracteres.

Notícias de Última Hora