Homem é preso após divulgar blitz da PM no WhatsApp

Abr 30

Um inquérito policial foi instaurado pela Polícia Civil e, caso o crime seja comprovado, o autor poderá ser condenado de um a cinco anos

Um morador de Formiga, no Centro-Oeste de Minas Gerais, foi preso após anunciar uma blitz da PM (Polícia Militar) num grupo de WhatsApp na noite do último sábado (28). Um inquérito foi instaurado pela Polícia Civil e, caso o crime seja comprovado, o autor poderá ser condenado de um a cinco anos.

No grupo da rede social, o homem escreveu: "Blitz em frente à Copasa, indo para a exposição. Galera do golo, fica veiaco! É blitz das brabas. Parando até as ambulâncias do Samu”.

A mensagem recebeu opiniões favoráveis e contrárias ao do autor. Chegou até a PM, que identificou o homem.

Militares o conduziram para depoimento na delegacia de plantão de Formiga. Já o aparelho celular dele foi apreendido.

Divulgar blitzes é crime que pode ser tipificado pelo artigo 265 do Código Penal Brasileiro, que trata do atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública. A pena oscila de um a cinco anos, além de multa.

 

Loading...

Categorias

Últimas Postagens

Título da postagem com limitação de caracteres.

Subtítulo da postagem com limitação de caracteres.

Notícias de Última Hora