Funcionário de distribuidora de revistas é preso suspeito de furtar milhares de figurinhas da Copa do Mundo

Abr 10

Segundo a polícia, dono da empresa em Itapetininga informou que 23 caixas com 6 mil figurinhas cada, 138 mil ao todo, valor estimado de R$ 55 mil, foram furtadas. Outras duas pessoas também foram detidas por participar do esquema.

Um funcionário de uma distribuidora de revistas foi preso nesta segunda-feira (9) suspeito de furtar da empresa milhares de figurinhas do álbum da Copa do Mundo, em Itapetininga (SP).

Segundo a polícia, também foram presos o primo do rapaz por anunciar as figurinhas furtadas em um site de vendas e um morador de Sorocaba (SP) por comprá-las.

Segundo a delegada Leila Tardelli, o dono da empresa informou que notou que 23 caixas com 6 mil figurinhas em cada uma delas tinham sumido da empresa, o equivalente a 138 mil figurinhas e um prejuízo de quase R$ 55 mil.

Ao analisar as imagens do circuito de segurança, ele constatou que um dos seus funcionários que trabalha como auxiliar de manuseio estava furtando a mercadoria.

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada pela vítima e encontrou o funcionário. Questionado, o rapaz de 26 anos confessou que furtava as figurinhas e admitiu que o primo dele, que já trabalhou na empresa, as pegava e anunciava na internet por um preço abaixo do mercado.

Ainda segundo a polícia, os policiais encontraram o primo com seis caixas que estavam com 36 mil figurinhas e iam ser entregues para um morador de Sorocaba (SP), que havia encomendado pela terceira vez. O homem foi detido ao chegar no local com R$ 7 mil para a compra.

Ainda segundo a polícia, os três foram encaminhados para delegacia, onde o funcionário e o primo foram autuados por furto qualificado, e o morador de Sorocaba por receptação. As outras caixas furtadas não foram localizadas.

PUBLICIDADE

Loading...

Categorias

Últimas Postagens

Título da postagem com limitação de caracteres.

Subtítulo da postagem com limitação de caracteres.

Notícias de Última Hora