Header Ads

  • Concurso e Empregos

    Ana Beatriz Nogueira revela doença mortal sem cura e drama comove; veja

    Resultado de imagem para Ana Beatriz Nogueira

    Ana Beatriz Nogueira revelou ter sido diagnosticada há nove anos com esclerose múltipla, doença neurológica, crônica e autoimune que ataca o sistema nervoso central, provocando lesões cerebrais e medulares. A atriz contou como descobriu o problema em entrevista à colunista Patrícia Kogut, do jornal “O Globo”. Segundo ela, o primeiro surto foi em janeiro de 2009, quando sentiu a visão duplicar ao assistir a um filme em casa.

    “Achei que a legenda da televisão estava ruim. Mas, no dia seguinte, não tinha melhorado e procurei o médico. Ele disse que isso se chama “diplopia” e poderia ter inúmeras causas. Concluiu que era o efeito colateral de um remédio para dormir que eu estava tomando. Me tranquilizou e garantiu que passaria com a suspensão do medicamento”, lembrou.



    Ana Beatriz ressaltou que realmente sua visão voltou ao nornal após cerca de 15 dias, o que a fez acreditar que o remédio era mesmo o causador da visão duplicada. Pouco depois, porém, durante as gravações da novela “Caminho das Índias”, o problema voltou durante a gravação de uma cena com Antonio Calloni e Vera Fischer. “Eu estava vendo duplo e embaçado. Pedi ao Calloni para me dizer de que lado estava a Vera: eu via duas Veras. Ele sinalizou, tirei uma reta e fui”, contou.

    O segundo surto a fez procurar mais uma vez auxílio médico. Desta vez, fez uma ressonância magnética e um exame de líquor, indicado em caso de suspeita de doenças neurológicas. Na ocasião, o resultado foi mesmo esclerose múltipla, mas o médico garantiu que tratava-se de um “falso positivo”. Os sintomas desapareceram mais uma vez após alguns dias, voltando em um terceiro surto em novembro, ainda mais forte. “Todos os três surtos que tive foram visuais. O último se mostrou o mais angustiante: eu realmente não enxergava nada. Mas, àquela altura, ainda bem, tinha encontrado uma médica que fez o diagnóstico definitivo”, afirmou.

    Ana Beatriz destacou que foi difícil entender que a doença não a incapacitaria para o trabalho como atriz. “Achei que era o fim. Como atriz, meu corpo é meu instrumento de trabalho, meu tudo, dependo da minha visão, da audição, das funções cognitivas. O trabalho é minha festa, minha fonte de renda, minha alegria, minha beleza. Partimos para o tratamento. Fiquei dois meses de cama, me senti debilitada. Sabe quando ‘somem os tapetes vermelhos’, que são aqueles sonhos bonitos que você tem quando está quase adormecendo? Foi assim que aconteceu”, admitiu.



    Por outro lado, a artista diz que foi tranquilizada por sua médica. “A médica também me disse: ‘você tem esclerose múltipla, uma doença autoimune que não tem cura e pode ser incapacitante. Mas a sua é na forma branda, o prognóstico é muito bom e você pode controlar isso e morrer de tijolada!’”, brincou.

    Ativa, Ana Beatriz Nogueira fará uma participação na próxima temporada de “Malhação” e, a partir de junho, começará a preparação para a próxima novela das 21h de Aguinaldo Silva.