Header Ads

  • Concurso e Empregos

    Homem grava momento em que é atropelado por trem, sobrevive e posta vídeo na web; assista

    Apesar do grave acidente sofrido, o indiano identificado pelo Shiva sobreviveu depois de ser atingido pela  composição

    Desde que as chamadas selfies se popularizaram e invadiram as redes sociais, algumas pessoas decidiram 'inovar' no conceito das imagens. No lugar de tirar fotografias com seus amigos, familiares ou até mesmo sozinhos, algumas gostam de posar em situações incomuns e potencialmente perigosas, como na beira de penhascos ou escalando arranha-céus. Muitas das tentativas são bem-sucedidas, mas, às vezes, esta ideia não dá muito certo, como aconteceu com um indiano que tentou tirar uma selfie com um trem. 

    De acordo com o portal britânico Daily Mail, o homem, identificado apenas como Shiva, estava posando para uma selfie na região de Hyderabad, na Índia, com o objetivo de se fotografar na frente de um trem . O plano, porém, fugiu de seu controle quando a composição atingiu sua cabeça em um grave acidente.

    Todos os momentos do incidente foram gravados pelo próprio Shiva e publicados nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver o homem sorrindo enquanto os vagões se aproximam, para em poucos segundos atingirem o indiano. Em seguida, a tela fica branca e só podemos escutar um diálogo na cena. Assista ao vídeo:




    Apesar do grave acidente, o indiano sobreviveu, porém, este não é o mesmo destino daqueles que tiram selfies "perigosas" em seu país. De acordo com a NDTV , 60% das mortes após este tipo de fotografia, entre março de 2014 e setembro de 2016, aconteceram na Índia


    Selfies na Rússia

    Em outro caso de fotografias que causaram acidentes, o russo Alexander “Sasha” Chechik, de 26 anos, morreu após tirar uma selfie enquanto segurava uma granada sem o pino de segurança. De acordo com o portal britânico Daily Mail , o homem enviou as fotos para vários amigos com o objetivo de "impressioná-los", o que, para a polícia, é um indício que descarta as suspeitas de suicídio.

    Mensagens trocadas entre Chechik, morador da cidade Labinsk, na Rússia, e um de seus colegas mostram o diálogo: "onde você está? Você está bem?", imediatamente antes do russo mandar a selfie e escrever "depende do que você entende como estar bem". Em resposta, seu amigo pede para que ele "não faça nada estúpido".



    Momentos depois, a granada explodiu e o homem, que estava dentro de seu carro, não resistiu aos ferimentos. A polícia acredita que ele imaginava que o explosivo só causaria problemas – mesmo sem o pino de segurança – se fosse lançado. Mas diferente do caso do trem , ele não teve sorte e não foi isso o que aconteceu.