Header Ads

  • Concurso e Empregos

    Naldo Benny é solto após pagamento de fiança e denúncia de agressão contra Moranguinho

    Naldo e Moranguinho

    O cantor Naldo Benny, preso nesta quarta-feira por porte ilegal de arma, foi solto logo depois, após o pagamento da fiança, de valor não informado. Naldo foi denunciado no último sábado por agressão pela mulher, a ex-dançarina Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho. De acordo com ela, Naldo a teria agredido com socos, tapas e puxões de cabelo após uma discussão por ciúmes. Ellen já passou por exame de corpo de delito. Ainda segundo ela, Naldo tinha em casa uma arma não registrada.

    A Delegacia de Atendimento a Mulher (DEAM) de Jacarepaguá realizou buscas na casa do cantor na Freguesia, Zona Norte do Rio, e encontrou uma pistola calibre 7,65 sem registro e munição. Naldo foi levado à delegacia e autuado em flagrante. Ele acompanhou as buscas e informou que só falaria em juízo, mas ao deixar o local falou com o EXtra:

    publicidade



    "Não estou preso, não. Tem um equívoco aí", disse Naldo, assim que deixou a delegacia.


    Segundo a delegada titular da DEAM de Jacarepaguá, Viviane Costa, "foi uma discussão por ciúmes em que ele acabou por agredi-la":

    — A esposa dele veio na delegacia e comunicou ter sido vítima de lesão, injúria e ameaça, e verificamos a possibilidade de ele ter uma arma não registrada. No mandado de busca, constatamos que ele tinha uma pistola em casa sem registro. Ele foi preso em casa e não esperava. Foi uma discussão por ciúmes em que ele acabou por agredi-la — disse.

    publicidade

    Desde que foi agredida, Ellen deixou a residência onde morava com o cantor e entrou com pedido de medida protetiva contra ele. Segundo disse em depoimento, esta não teria sido a primeira agressão do cantor. Naldo irá responder por lesão corporal, ameaça e injúria e, se condenado, pode pegar até sete anos de prisão.

    Ainda nesta terça-feira, a Justiça concedeu as medidas protetivas que foram solicitadas pela vítima. A juíza Ana Paula Delduque Migueis Laviola de Freitas, do 3º Juizado de Violência Doméstica de Jacarepaguá, determinou que o artista fique afastado da mulher, de seus familiares e testemunhas do caso, mantendo distância mínima de 100 metros. Ele também foi proibido de ter qualquer contato com Ellen por quaisquer meios de comunicação, inclusive a internet. A Mulher Moranguinho acusa o marido de tê-la agredido com socos, tapas e puxões de cabelo após uma discussão por ciúmes no último sábado.

    publicidade

    O ex-casal tem uma filha de 2 anos e nove meses. Naldo e Moranguinho começaram a se relacionar em 2010, durante as gravações do clipe da música 'Chantilly', um dos maiores sucessos do funkeiro. Na época ele era casado com a produtora Branka Silva. Ellen e Naldo se casaram em 2013.



    Dias depois de agressão, Naldo fez declaração nas redes sociais: 'Te amo'

    Nesta terça-feira, dias depois de agredir Ellen Cardoso, o cantor Naldo Benny fez uma declaração para a ex-dançarina em uma publicação com a foto de Moranguinho no Instagram. "Eu te amo. Lembro como se fosse agora, te encontrar foi tão bom, sintonia pura pela química, desejo, frisson, eu te desejando e me declarando te querendo e me dando. Te pegar de madrugada pra fazer com a nossa cara, te quero tanto...é agora nossa hora, sua boca me devora, te quero tanto, te dou te entrego tudo! Vou cada vez mais fundo, e mergulho de cabeça nesse teu amor tão especial" (sic).


    Post feito por Naldo nesta terça-feira

    Na foto, internautas criticaram Naldo: "Agressor", "Covarde", "quem bate não ama". Por volta das 15h15, o cantor deletou a conta da rede social.


    Nas redes da ex-dançarina, fãs deixaram mensagens de apoio a Moranguinho nas redes sociais. No Instagram, diversos internautas a apoiaram e criticaram o cantor. "Isso aí! Parabéns por denunciar". "Força, Ellenzita". "Está certíssima, nada justifica uma agressão". "Força", escreveram fãs.

    *Extra