Header Ads

  • Concurso e Empregos

    Menino adotado por casal homossexual fuma e bebe; vídeo bomba na web

    Criança fumando e bebendo não foi adotada por casal homossexual

    É notório que nos últimos anos, casais homossexuais estão se destacando cada vez mais em meio à sociedade tradicional. Sabemos que por trás disso ainda existe uma barreira muito grande. Diante disso, quase sempre se vê grupos de homossexuais lutando para ter o seu espaço. 

    No Brasil por exemplo, depois de muitas lutas, eles já conseguiram o direito de adotar crianças, assim como funciona em outros países. Na questão da adoção, o preconceito ainda está em alta. 

    É possível ver na internet grandes movimentos para que esse tipo de escolha não se concretize, de modo que os casais homossexuais acabam ficando retraídos em iniciar o processo para adoção de uma criança.

    Criança adotada por casal gay fuma e bebe em vídeo

    Recentemente, um vídeo envolvendo uma criança, que supostamente teria sido adotada por um casal homossexual tem gerado grande polêmica entre os internautas de todo o país. O vídeo mostra a criança sendo estimulada a práticas ilícitas.

    PUBLICIDADE



    As cenas realmente são chocantes e intrigam a grande maioria dos internautas. O vídeo logo ganhou as redes sociais, sendo compartilhado por milhares de pessoas e repostado em várias páginas. A criança aparece fumando e bebendo.

    Apesar das imagens serem realmente provocantes, a informação de que o a criança havia sido adotada por um casal homossexual não é verídica, sendo esta informação acrescentada para ganhar destaque nas redes sociais.

    O vídeo tem ganhado força na internet nesta última semana, porém, as imagens já estão na internet desde o ano de 2015, segundo informa a coluna “Me Engana que eu Posto”, da revista Veja.


    Internautas em todo o país ficaram extremamente revoltados, porém não existem provas de que o casal que aparece nas imagens com a criança seja realmente gay.

    No vídeo, a informação vai ainda além, onde, enquanto dava cachaça para a criança, o homem teria afirmado que tal atitude seria para que a criança se tornasse homem.
    PUBLICIDADE


    No Facebook, internautas se mostraram indignados, porém acabaram caindo na falsa notícia, acreditando que, de fato, se tratava de um casal homossexual. Algumas páginas chegaram a divulgar o vídeo como se o fato tivesse ocorrido em alguma cidade do Brasil, mas o vídeo é totalmente em língua estrangeira.

    Especula-se que o vídeo tenha sido publicado na web com essa informação após o Supremo Tribunal Federal (STF) colocar em discussão a aprovação da doação de sangue por homossexuais.


    Diante disso, qual é a sua opinião sobre o assunto? Clique aqui para assistir ao vídeo e deixe seu comentário.