Header Ads

  • Concurso e Empregos

    Homem é preso por engravidar um filha e duas irmãs em Cândido Sales




    Mais um caso bárbaro tem chocado os moradores do município de Cândido Sales, no interior da Bahia. O crime é repugnante é o clima de revolta é tenso, principalmente nas redes sociais. 

    Dois homens foram detidos e encaminhados a delegacia do município, acusados de estuprar as próprias filhas. De acordo com uma reportagem do site G1-BA, a Polícia Civil de Cândido Sales, prendeu o nacional, Memedio Rodrigues de Oliveira, sob a acusação de ter estuprado a própria filha dos nove aos onze anos.

    A garota acabou engravidando e hoje o filho já tem 13 anos, que segundo a polícia, o mesmo tem problemas físicos. Ainda segundo informações da polícia, Memedio também vai ser indiciado por cometer o crime de estupro contra a própria irmã, fato ocorrido no Povoado de Barra do Furado.


    A polícia também apura um outro estupro praticado por Memedio ainda neste ano contra uma outra filha, que atualmente tem 16 anos.

    A prática do estupro contra mulheres da própria família já era um abito do acusado. Duas irmãs do acusado foram engravidadas por ele, porém, na época, ambas vieram a perder o bebê.



    Outro caso

    Em uma outra ocorrência, também na cidade de Cândido Sales, a polícia cumpriu mandato de prisão preventiva contra Lorisvaldo José da Silva, de 60 anos, também acusado pelo crime de estupro contra a própria filha. 

    A prisão ocorreu na tarde desta quinta-feira (19), na zona rural de Câdido Sales. A divulgação do ocorrido deixou moradores do munícipio horrorizados, sendo um dos assuntos mais comentados neste fim de semana. 


    Nas redes sociais, fotos dos acusados foram compartilhadas, de modo que toda a população pudesse saber que era os autores dos crimes contra as mulheres d apropria família. O que mais revoltou os internautas foi o motivo de que muitas das vítimas ainda estavam na menor idade. 

    Alguns internautas chegaram a fazer um apelo a polícia do município, pedindo que os acusados fossem investigados, para saber se não haveria outras vítimas fora do ambiente familiar.

    “Deus me perdoe, mas casos como esses, de total covardia não merecem meu perdão. Esses homens devem ficar a eternidade atrás das grades. Estuprar uma pessoa já é algo repugnante, ainda mais, sendo as próprias filhas. Nosso país deveria ter leis mais duras para esse tipo de crime, afinal, as vítimas vão carregar sequelas por toda a vida”, comentou uma internauta.