Header Ads

  • Concurso e Empregos

    Filho de juiz baiano acusado de pedofilia é solto pela Justiça



    Antônio Cláudio Silva Conceição, de 46 anos, preso no último dia 20, foi solto pela Justiça. A prisão ocorreu por conta da Operação Luz na Infância, na qual, além dele, mais sete pessoas foram presas. Todos ainda serão ouvidos em audiência de custódia. 

    Durante a apresentação da Operação, que apreendeu computadores, fotografias, celulares, dispositivos de armazenamento de imagens, a Polícia Civil detalhou as prisões de oito pessoas e de materiais apreendidos. Através de compartilhamento pessoa a pessoa, eles solicitavam as fotos que, inclusive, expunham crianças de 5 anos e até bebês de colo em situação pornográfica. Entre os presos, um residente em pediatria e um filho de juiz baiano. 

    PUBLICIDADE

    Foram identificados como: David Gomes Passos, preso no Stiep, 30 anos e é residente em Medicina Pediátrica; Antônio Cláudio Silva Conceição, 46, filho de um juiz, preso no Chame-Chame; Thomas Ferreira Silva Lopes, estudante de engenharia química, preso na Pituba, 22 anos; Ednilton Dias, 67, aposentado preso no Barbalho; Roberval Santos Batista, preso na Barroquinha, 41; Gustavo Oliveira Ferreira, 33, técnico em informática, preso no Caminho de Areia; Jesuíno Marcondes Machado, 79, preso na Pituba, que também foi detido com arma e munição e Robson Cay Rabello, preso em Coutos. 

    A operação aconteceu em mais 23 estados e o Distrito Federal. Os oito presos não foram apresentados à imprensa porque, segundo a polícia, a integridade física dos mesmos poderia ser comprometida no cárcere