O trio acusado de manter relações sexuais e engravidar uma portadora de necessidades especiais, vai deixar a prisão nas próximas horas.

O trio foi preso acusado da prática de estupro contra NBS de 29 anos que sofre de patologia mental. Eles foram presos no dia 2 de junho deste ano, pela Polícia Civil, que cumpria mandado de prisão preventiva.

PEDRO BORGES DE SOUZA, 36 anos, MATEUS SOUZA DE JESUS CALMON, 22, anos, EDVALDO DE SOUZA CASTROS, 18 anos, foram defendidos pelo advogado criminalista Dr Pedro Cordeiro.


A justiça acatou as alegações da defesa e determinou a soltura dos acusados.


RELEMBRE O CASO:

Nesta última sexta-feira (2), Policiais Civis da 1ª Delegacia Territorial de Senhor do Bonfim-BA, prenderam PEDRO BORGES DE SOUZA, 36 anos, MATEUS SOUZA DE JESUS CALMON, 22, anos, EDVALDO DE SOUZA CASTROS, 18 anos, todos da mesma família, os quais tinha contra si Mandado de Prisão Preventiva expedido pelo Juízo Criminal da Comarca de Senhor do Bonfim-BA.

Após representação da Autoridade Policial, por serem suspeitos da pratica do crime de estupro de vulnerável, praticado em desfavor da vitima N.B.S, 29 anos, portadora de necessidades especiais, (patologia mental), a conduta ilícita dos indivíduos resultou na gravidez indesejada da vitima.

Os mesmos encontram-se custodiado na Carceragem da 1ª Delegacia Territorial de Senhor do Bonfim-BA, a disposição da Justiça.

Postar um comentário :