Mais um remédio é descontinuado no país. Desta vez, trata-se do Buscopan Composto gotas (butilbrometo de escopolamina e dipirona sódica monoidratada).

Com ação analgésica, é indicado para o tratamento dos sintomas de cólicas menstruais, intestinais, estomacais, urinárias, entre outros. O remédio é fabricado pela Boehringer Ingelheim do Brasil, que comunicou à Anvisa, em maio, sobre o fim – temporário, afirma a empresa – da fabricação do medicamento. No dia 13 de junho iniciou-se a retirada do produto de circulação.

“A Boehringer Ingelheim está realizando, de forma voluntária e preventiva, o recolhimento do Buscopan Composto gotas”, afirmou a empresa, em nota a VEJA. O motivo foi “resultado fora de especificação identificado durante estudos de estabilidade, que fazem parte do monitoramento dos produtos farmacêuticos no mercado”. A farmacêutica ressalta que frascos que ainda estejam em circulação podem ser consumidos normalmente.

Vendido em outros países da América Latina, o produto também foi descontinuado na Venezuela, Chile, Argentina, Uruguai e Paraguai.

A empresa não tem previsão de quando será normalizada a distribuição do composto no mercado nacional, mas ressalta que há alternativas terapêuticas disponíveis, e que demais “produtos da família Buscopan, como Buscopan Composto comprimidos e Buscopan gotas continuam disponíveis” aos consumidores.


*VEJA

Postar um comentário :