Na manhã da segunda-feira (10), após informações que chegaram a Polícia Civil de Juazeiro de que na fazenda olho d’água, distrito de Juremal havia uma plantação de maconha, pronta para ser colhida por homem conhecido como “Doutor”.

Os policiais seguiram em diligência e no local foi encontrado, inicialmente na sede, uma espingarda calibre 12 com o cano serrado. A cerca de 300 metros dali, foi encontrada uma plantação de maconha e, mais adiante, um cano de água que levou a uma segunda roça, onde estava um indivíduo que atirou na direção dos Policias, empreendendo fuga.

Houve troca de tiros, mas ninguém ficou ferido. Os policiais encontraram também uma terceira roça. Na tentativa de capturar o homem que atirou nos policiais, foi abordada uma outra pessoa que chegava na localidade e que se identificou como José Wilson Vicente da Silva, o “Doutor”.

Ele acabou confessando que morava na fazenda e informou que o homem que estava na roça e fugiu, é conhecido por “Papinha” ou “Pompílio” e que as roças eram irrigadas através de cinco tanques com lona impermeável que serviam para acumular água e irrigar as plantações. A soma das três roças e a da sementeira perfazem um total de dez mil pés de maconha. No local, estava sendo cavado um poço tubular próximo as plantações para uso nas roças. A incineração dos pés de maconha foi feita no local e amostras foram encaminhados para a perícia.

José Wilson foi preso em flagrante na Delegacia de Tráfico e Entorpecentes, por tráfico de drogas e associação para o tráfico e também por posse de arma de fogo.


Postar um comentário :