-->

Senhor do Bonfim

Região

Bahia

Brasil e o Mundo

Entretenimento

Acessando

Jovem mata a própria avó após ser impedida de usar drogas dentro de casa



Já mostramos aqui neste portal de notícias diversos casos bárbaros que ganharam repercussão no Brasil e até mesmo no mundo. Desta vez, mais um caso ganhou destaque nos meios de comunicação e nas redes de televisão. A jovem Drielly Rafaela Sakamoto foi presa sob a acusação de matar a própria avó, Vera Lúcia Feirabend Sakamoto, de 80 anos, asfixiada nesta última sexta-feira (17).


Drielly foi presa na tarde do dia seguinte, quando estava próxima de sua residência na cidade de Ribeirão Preto, em #São Paulo. Na delegacia, ela confessou o crime. "Eu matei minha avó porque ela tentou fazer com que eu não consumisse minha cocaína dentro de casa. Ela sabia que sou usuária e dependo da droga todos os dias."

O corpo da vítima só foi encontrado na manhã do sábado (15), dentro da casa onde ambas residiam, localizada no bairro Dom Mielle. A polícia informou que no momento que adentram na residência, a vítima estava com o rosto enrolado por um cobertor, além de estar trancada dentro do quarto. A acusada só foi capturada pela polícia por volta das 14h. Ainda segundo informações da Polícia Militar, Drielly apararentava estar sob efeitos de drogas.

A polícia divulgou que o crime realmente teria sido provocado após um desentendimento entre ambas. A jovem agrediu a idosa e logo em seguida a asfixiou até a morte,


O crime só foi revelado após o namorado de Drielly descobrir o ocorrido e ter acionado a polícia. O namorado de Drielly ainda teve que prestar depoimento à polícia.


Ele afirmou ter um filho com a acusada e pela manhã teriam saído para conversar. "Estávamos dentro do meu carro transitando pela região do clube quando de repente ela pediu que eu parasse o carro. Eu me recusei a parar e foi aí que ela abriu a porta do carro e pediu para que eu cuidasse do nosso filho, pois ela teria matado a própria avó. Ela saiu do carro e tomou um destino desconhecido", disse ele a polícia.

A polícia ainda ouviu alguns vizinhos, que informaram que a jovem morava com a avó porque teria se negado a conviver com a mãe após uma discussão em janeiro. "Nunca soube de algo ruim dela, sempre caseira, dentro de casa, aqui todos gostavam dela. Estamos sem entender o verdadeiro motivo de ter cometido esse crime bárbaro. É triste", disse Maria Aparecida da Silva, vizinha da acusada.

Na internet, o crime chocou. Centenas de pessoas manifestaram indignação, repudiando o crime cometido pela jovem de 25 anos.

E você, qual a sua opinião sobre o ocorrido? Deixe seu comentário logo abaixo.