Segundo um relatório divulgado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) divulgado no ano 2011 apontam que o Brasil fica na terceira posição entre os países com taxas de roubos registrada em toda a América Latina. Ainda segundo o relatório, as taxas podem ser ainda maiores, pois muitos dos roubos não são reportados às autoridades. 

Nesse portal de notícias já mostramos diversos casos de roubos como também de violência contra o cidadão de bem de todas as classes sociais. Hoje vamos relatar um ocorrido, que tem ganhando grandes proporções, sendo um dos assuntos mais comentados entre os brasileiros nesta sexta-feira (9).

Um vídeo recentemente lançado na internet tem chamado a atenção de internautas por todo o Brasil. No vídeo mostra um homem que até o momento não teve a identificação revelada, tatuando a testa de um jovem, que segundo informações obtidas no próprio vídeo, ele teria invadido uma residência para roubar uma bicicleta de um deficiente físico.

O homem que aparece tatuando a testa do suposto ladrão, ele fala chaga a falar ironicamente que tal atitude seria muito bom e que com certeza iria doer quando começasse o processo da tatuagem na vítima. “Nossa, vai ser muito bom isso e vai doer em (risos) ”, comenta o tatuador.

O tatuador ainda pede para que o jovem confesse com as próprias palavras que ele quem estaria ali por livre e espontânea vontade, que estaria ali pedindo para ser tatuado no meio da testa. “Eu sou ladrão e vacilão”, foi o que o tatuador escreveu na testa do jovem.

A frese tatuada na testa do jovem após ser divulgada na internet acabou ganhando repercussão de maneira muito rápida. Em apenas duas horas, a publicação chegou a ser compartilha por mais de 100 mil pessoas. Vídeos e fotografias foram também compartilhadas em grupo no aplicativo WhatsApp o que contribuiu para que a cenas se tornassem virais com tanta velocidade.

Até o fechamento desta matéria, não foi possível saber o local exato onde o vídeo foi gravado, nem mesmo se o episódio ocorreu na data de divulgação do vídeo nas redes sociais.

Confira abaixo a publicação original postada no Facebook







Postar um comentário :