Mais um caso escandalizou a Igreja Católica na tarde última terça-feira (9), no município de Palmeira dos Índios, localizado na Mesorregião do Sertão de Alagoas. Palmeira dos Índios é uma cidadezinha de pouco mais de 44 mil habitantes, segundo informações do site Wikipédia.

O padre envolvido no escândalo foi identificado como Antônio Bernardo, ele já teria sido o padre principal no município de Palmeira dos Índios, ele teve fotos intimas espalhadas pelas redes sociais quando estava na companhia de mais dois rapazes também moradores do município e estariam na ocasião desfrutando de um suposto motel dentro do município. 

O caso repercutiu em tamanha proporção que em menos de 24 horas foi compartilhados por milhares de pessoas da cidade como também de vários cantos do Brasil. Diante da péssima repercussão, a Diocese de Palmeira dos Índios decidiu por sua vez, afastar Antônio Bernardo, do seu cargo de padre até que sejam concluídas as devidas investigações.

A Diocese ainda explicou por meio de uma nota, que todo o processo já transcorre em segredo de justiça e autos do procedimento canônico, depois de concluída a fase diocesana, o processo seguirá para a Cidade Estado do Vaticano, em Roma, na Itália, onde será oficialmente definida a punição dada pelo Santo Padre Francisco.

Um dos rapazes envolvidos no escândalo citou em um grupo de Whatsapp, que estava tendo relações com o outro rapaz, quando de repente o padre teria chagado ao quarto e ali todos começaram a consumir bebidas alcoólicas. O rapaz ainda confirmou sabe de tudo o que realmente fez.

Confira um trecho da nota postada pela Diocese:

A Diocese de Palmeira dos Índios vem a público comunicar que, na manhã de hoje (9), foi estabelecido um Processo Administrativo Penal em desfavor do Reverendo Padre Antônio Bernardo dos Santos, participante do clero nesta Diocese. O procedimento decorre em segredo de justiça. Os autos do processo canônico, concluída a fase diocesana, comboiarão para a Cidade Estado do Vaticano, em Roma, na Itália, para ser decido finalmente pelo Santo Padre Francisco. Oreemos por nossa Santa Igreja e em especial pela nossa Diocese. 

Na internet o caso ainda promete render muitos comentários, é incontável o número de pessoas que vão contra a atitude do padre ao ser envolver com os outros dois rapazes. “Um home que deveria estar espalhando a palavra de Deus, vivendo em santidade, Deus tenha misericórdia desta alma”, comentou uma internauta.





Postar um comentário :