Uma criança, de apenas 6 anos, teve um pedaço do dedo da mão arrancado, supostamente, por mordida de piranha durante um banho de Rio, nas proximidades no estabelecimento Sabor do Vale, em Petrolina. O fato aconteceu na tarde do último domingo (19), quando a criança acompanhada pela mãe tomava banho na área de lazer.

Segundo a mãe da criança, Isabel Barbosa, o local não tinha nenhuma sinalização indicando que havia piranhas e seu filho estava em local raso, pois água estava no seu joelho. “Apenas depois do ocorrido, a proprietária do estabelecimento me relatou que tinha piranhas na área, em seguida, questionei por que não havia placa alertando os clientes, ela relatou apenas que os garçons sabem, mas esquecem de avisar. Depois me disse que ia providenciar uma placa.”, comenta.

A criança foi levada a uma unidade hospitalar da região, e durante o atendimento médico, a pediatra contou para Isabel que esse era o quarto procedimento que realizava por mordidas de piranhas. “Ela contou que os ataques estão acontecendo constantemente”, mencionou. A mãe ainda afirmou que após o susto seu filho se recupera bem em sua casa.
 

 

Postar um comentário :