Ao ver Ana Victória Lago, de 17 anos, poucas pessoas conseguem imaginar que ela nasceu com microcefalia. A condição não a impediu de posar — e se divertir com isso — para as câmeras de uma agência de modelos. Segundo Viviane Lima, a mãe da adolescente de Boa Vista, Roraima, ela teve naturalidade para fazer as fotos de seu primeiro ensaio fotográfico profissional. Agora, a mãe diz sonha com o futuro da filha no mundo da moda. Segundo ela, Ana Victória é a primeira modelo brasileira com essa condição.

A ideia de investir na carreira de Ana surgiu há cerca de um mês quando Viviane levou as filhas — Ana Victória e Maria Luiza, que também tem microcefalia, hoje aos 15 anos — para participar de uma campanha Arte sem preconceitos, da agência BM Models, de Manaus.O objetivo do projeto foi fotografar 30 crianças com deficiência para fazerem fotos. Viviane conta que se sensibilizou com a campanha.

— Gostamos de projetos relacionados a inclusão, e quando a Ana Victória fez as fotos, a Creuza, dona da agência, disse que ela tinha jeito para ser modelo.

A mãe conta que Ana Victória se mostrou empolgada e quis apoiá-la. Porém, para ingressar na área, ela precisava fazer um book de fotos.

Porém, a família não tinha condições financeiras. Então, fez uma arrecadação online para custear o ensaio fotográfico. A mãe diz que a ideia foi bem aceita e fez sucesso.

— Os profissionais ficaram sensibilizados e o primeiro ensaio da Ana Victória teve maquiadora, cabeleireira, estúdio e fotógrafo que quiseram ajudar.

Viviane e a filha voltaram à agência e viram que o talento da jovem era nato.

— Ela fez as poses e mostrou que é aquilo que ela quer, que ela está amando. Como mãe, acreditei que isso daria certo e a Ana foi agenciada. Ela realmente desabrochou, se desenvolveu mentalmente e tem outra forma de se portar e lidar com as pessoas. Enxergamos uma nova Ana Victória a partir dessa vivência. Hoje, a carreira de modelo é o maior estímulo que ela tem, e isso fez ela amadurecer.

Como a história é recente, Ana Victória ainda não teve oportunidade de desfilar ou realizar trabalhos profissionais.

Viviane ainda conta que ter duas filhas com microcefalia trouxe um ensinamento: viver um dia de cada vez. Por isso, apesar de não saber o que vem a seguir, ela e a família acreditam na concretização do sonho da menina.
Ana Victória Lago, de 17 anos, tem microcefalia. Ela lutou contra as dificuldades impostas pela doença e tornou-se modelo

Ela gosta de posar e desfilar, e assiste aos vídeos de Gisele Bündchen para se inspirar



A mãe da jovem, Viviane Lima, dá todo o apoio, e afirma que as poses e cliques são estimulantes para a adolescente

*R7

Postar um comentário :