O turista francês Alain Wergeil, 72 anos, morreu enquanto fazia uma trilha com um grupo de turistas, na Cachoeira da Fumaça, na Chapada Diamantina, na tarde deste domingo (26). De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o homem caiu de uma altura de 340 metros – o equivalente a um prédio de 113 andares. Em função das condições climáticas, só foi possível resgatar o corpo na manhã desta segunda-feira (27).


O sub-grupamento militar de Lençóis, responsável pelo resgate, informou que enquanto fazia a trilha, Alain ultrapassou uma cerca de proteção, despencando do penhasco. “Não sabemos se ele foi tirar uma foto, se ele sabia que ali era perigoso. Isso vai ser apurado pelo Departamento de Polícia Técnica”, disse um bombeiro que participou do resgate. 
 
 
O CORREIO apurou que o turista visitava o lugar periodicamente e conhecia bem a trilha. “Ele deixou uma carta de despedida. Ele não caiu, se jogou”, disse uma testemunha, que preferiu não se identificar. A reportagem tentou contato com a delegacia de Lençóis, mas não obteve êxito. 
 
Fonte: Correio

Postar um comentário :