Header Ads

  • Concurso e Empregos

    Homens armados explodem caixa eletrônico da Caixa Econômica em Salvador



    Um grupo explodiu um caixa eletrônico da agência da Caixa Econômica Federal do bairro do Cabula. Segundo informações da Central de Polícia, o crime aconteceu por volta das 4h da madrugada desta quinta-feira (22). A agência fica localizada na Estrada das Barreiras. 

    Ainda segundo a Central, testemunhas informaram que 10 homens armados usaram explosivos para atacar a agência. Após a explosão, os suspeitos fugiram em dois carros. Até o momento, não há informações a respeito da quantia levada ou de informações sobre os suspeitos. Ninguém se feriu.

    De acordo com a PM, agentes da 23ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Tancredo Neves) atenderam a ocorrência. As guarnições foram até o local, porém, os criminosos já haviam fugido. Testemunhas disseram ao policiais que os suspeitos seguiram em direção à BR-324. Viaturas da Polícia Federal e do Esquadrão Antibombas estão no local para fazer a perícia e verificar se existem explosivos dentro da unidade.

    Segundo o gerente da agência, Edson Rios, a unidade ficará fechada. "Não temos muitas informações e ainda não sabemos o que foi levado, não temos previsão de quando a agência volta a funcionar", afirmou o gerente. 

    Foi a primeira vez que a agência foi atacada. "A gente fica assustado, porque é uma agencia que a gente utiliza muito, e com essa explosão a gente fica desassistido. é uma lástima porque não tem outra por aqui. eu vinha pegar meu cartão agora e fiquei surpresa com oque aconteceu, vou ter que procurar outra agência", disse a comerciante Cleide Carvalho, 36 anos.

    Para o vendedor Júlio Ferreira, 33, o prejuízo maior é para a população. "Essa é só mais uma. é uma pena porque desse jeito eles vão acabar tirando a agência daqui e quem fica prejudicado é a gente. espero que consigam resolver logo", disse. 

    Por causa da ação da equipe antibombas, uma das faixas foi interditada. Policiais estão tentando organizar o trânsito, mas o congestionamento chega a Mata Escura, para quem segue no sentido Cabula.



    *Correio24Horas