Header Ads

  • Concurso e Empregos

    Baiana de Pojuca massacra Ronda e mantém cinturão; foi atropelo




    A baiana Amanda Nunes massacrou Ronda Rousey no maior evento de MMA do mundo. Na madrugada deste sábado(31), no UFC 207, em Las Vegas, a lutadora que nasceu na cidade de Pojuca, nocauteou a ex-campeã em segundos e manteve o cinturão dos pesos galos de modo impressionante. Ronda foi atropelada, massacrada.

    A baiana acabou com o combate em exatos 48 segundos. Ela partiu com tudo para cima da ex-rainha para impor o novo reinado. Abusou do boxe afiado e amassou com jabs e diretos o rosto de Ronda, que nem caiu no chão para ser nocauteada e saiu abraçada com sua mãe.

    Ronda ficou bastante machucada pelos golpes certeiros e violentos de Amanda; sem chances(Foto: Reprodução)

    Foi a primeira defesa de cinturão de Amanda, de 28 anos, que conquistou o título por finalização contra Miesha Tate no UFC 200. Por sua vez, Ronda retornou ao octógono após um ano longe do Ultimate, depois de ser destronada por Holly Holm na categoria.


    Após o tão esperado e rápido combate, Amanda reconheceu a importância de Ronda para o MMA feminino, mas disse que é hora de superá-la.

    “Eu realmente treino muito duro. Eu tenho um time que está comigo. Todos esses caras na academia fazem de mim uma grande lutadora. Tenho que agradecer a American Top Team. Estou em outro nível hoje. É incrível, a gente conversou porque ela [Ronda] fez muito pelo esporte, ela tem uma história. Mas agora eu sou a campeã. Vocês têm que parar com essas coisas de Ronda Rousey, agora a campeã é a Amanda Nunes”, afirmou a brasileira após o nocaute.

    A brasileira chegou até mesmo a dizer que a partir de agora a americana deve ser concentrar na carreira em Hollywood, na medida em que há uma nova rainha na divisão dos galos.

    “Quando pedi essa luta ao Dana, sabia que podia vencer. Preparei minha cabeça, meu espírito e meu corpo. Sabia que a Ronda Rousey era grandiosa, mas ninguém vai tirar esse cinturão de mim. Em toda a minha preparação eu soube que ia ser a campeã. Estou preparada, treinei muito para essa luta. Eu treino para ela desde que entrei no UFC, sabia que ia acontecer e essa noite provei para todo mundo. Sou a melhor lutadora do mundo. Podem parar com essa coisa de Ronda Rousey, ela vai se aposentar, vai fazer filmes, e eu vou continuar. Eu sou a campeã”, acrescentou a campeã dos galos.