Header Ads

  • Concurso e Empregos

    Se você tem mania de pôr o celular no bolso ou entre os seios, nunca mais faça isso



    O impacto biológico se nos celulares não está relacionado com seu poder que é relativamente fraco, está sim com a natureza errática de seu sinal e de sua habilidade de interromper a ressonância e interferir com o reparo do DNA.

    Servindo como um alerta indicativo do potencial de nosso celular causar câncer, é apresentado o caso de uma jovem mulher que, sem outros fatores de risco prévios para câncer, desenvolveu câncer de mama, diretamente abaixo na área da mama onde ela vinha colocando seu telefone celular em seu sutiã.

    Pesquisas anteriores já mostravam que colocando o celular junto ao quadril, pode ocorrer o enfraquecimento da área pélvica e que a radiação do telefone também afetava a contagem de espermatozoides bem como sua qualidade e motilidade.

    Como regra geral, devemos querer evitar carregar nosso celular em qualquer lugar de nosso corpo. O local mais perigoso está, em termos de exposição à radiação, dentro de um espaço em torno de 12 a 15 cm da emissão da antena, especialmente quando é colocado próximo de tecido macio como o da nossas calças ou do bolso da camisa. E pior ainda, dentro do sutiã feminino.