Header Ads

  • Concurso e Empregos

    Zoológico mata casal de leões após homem nu invadir jaula para suicidar-se



    Dois leões de um zoológico na cidade de Santiago, no Chile, acabaram sendo mortos neste último sábado, 21, com objetivo de parar um ataque a um homem que invadiu a jaula dos animais para suicidar-se. O homem forçou sua entrada no recinto dos leões, tirou a roupa e começou a instigar os animais. Analgésicos não conseguiriam deter os leões. O homem foi levado para um hospital com ferimentos graves, correndo risco de morte.Os leões mortos eram um macho e uma fêmea de origem africana. Os animais nasceram no zoológico em que foram mortos e tinha cerca de 22 anos. 



    O suicida foi identificado como Franco Luis Ferrada, que de acordo com o relato dos visitantes que estavam no local, ele entrou pela sua própria vontade na jaula, onde se despiu. Primeiro ele instigou os leões e daí os leões começaram a atacá-lo. Os visitantes criticou a reação dos funcionários do zoológico, que qualificou como lenta, porque a princípio jogaram água nos leões. Além disso, os visitantes detalharam que o homem começou a gritar citações bíblicas e mencionava Jesus. 



    Este incidente ocorreu no sábado (21), no horário de visitação, por isso, várias pessoas testemunharam o ocorrido. O diretor do zoológico em Santiago, Alejandra Montalva disse que o homem veio como um visitante pagou sua entrada. Em seguida, ele subiu em um lugar onde o público normalmente não entra, obrigou-se no telhado da jaula dos leões e pulou para dentro do recinto e tirou as roupas e começou a instigar os leões. Ativista dos direitos dos animais não acharam justo matar os leões já que o homem invadiu o recinto dos animais com a intenção de praticar o suicídio.


    ASSISTA O VÍDEO: