Header Ads

  • Concurso e Empregos

    Ex-BBB é preso por estupro de vulnerável em Curitiba



    O ex-BBB Laércio de Moura, de 53 anos, foi preso na manhã desta segunda-feira (16) em Curitiba por crime de estupro de vulnerável e por fornecer bebidas alcoólicas a adolescentes. Segundo Patrícia Conceição Nobre Paz, delegada adjunta do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), da Polícia Civil, onde ele o ex-BBB está preso, Laércio ainda estaria sendo investigado por outros crimes previstos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).


    Patrícia conta ainda que as investigações foram iniciadas devido a denúncias recebidas ainda na época em que Laércio participava do programa da Rede Globo. “No programa, ele já anunciava algumas práticas duvidosas e recebemos diversas denúncias a nível nacional. A investigação começou sigilosa e discreta, mas prosseguiram e acabamos identificando vítimas”, declarou.


    Laércio deve ser interrogado ainda nesta manhã. O advogado do ex-BBB ainda não foi localizado para comentar a situação.

    Participação no programa

    Laércio foi eliminado do BBB em fevereiro. Ele enfrentou Ana Paula, seu maior desafeto na casa, no segundo paredão desta edição.Tudo começou quando Ana Paula exigiu que o então colega de confinamento deixasse o banheiro limpo após usá-lo. Depois, ela não gostou de vê-lo dormindo só de cueca, criticou a maneira como ele encarava Munik e Maria Claudia, as participantes mais novas da edição, e chegou a chamá-lo de pedófilo, por ter duas “namoradas” de 17 e 19 anos.

    Fora da casa, a rejeição de Laércio foi grande. Internautas descobriram que o curitibano, em uma rede social, curtia páginas de supremacia branca, armas e se chamou de efebófilo, isto é, pessoa que tem atração sexual por adolescentes.