Header Ads

  • Concurso e Empregos

    Cuidado! ‘WhatsApp Gold’ é um vírus destruidor



    O WhatsApp caiu nas desgraças dos piratas da internet. Hackers disseminam um golpe que promete acesso a uma “exclusiva” versão ‘gold’ do popular aplicativo de bate-papo. Não se iluda com o conto do ouro de tolo, ou você terá de formatar seu celular.


    As mensagens, por enquanto em inglês e em espanhol, trazem convite para a atualização, alegando que só celebridades tinham direito à versão dourada. “O app vazou”, diz a mensagem. O texto lista ainda vantagens do ‘upgrade’: chamadas gratuitas de vídeo (como no Skype), a possibilidade de enviar até 100 imagens de uma só vez (quando o limite é de 20) e uma função para deletar mensagens mesmo depois de tê-las enviado.


    Tudo balela. O link, que na atual cepa se esconde sob o falso endereço www.goldenversion.com, aponta para sites de armazenamento que abrigam malwares, programas maliciosos capazes de fazer estragos, como rastrear dados de navegação, roubar senhas ou até permitir acesso remoto do aparelho — ativando a câmera ou o microfone, por exemplo.


    Vírus de celular são ainda mais capciosos, pois exigem conhecimento avançado para a limpeza. Como nem todos usam antivírus em smartphones, é necessário, em caso de contaminação, reiniciar o aparelho no modo de segurança, procedimento que varia de modelo para modelo, para localizar o arquivo malicioso e apagá-lo.


    OLHO NO LINK
    Muito cuidado ao sair tocando em qualquer URL. Nem sempre o endereço exibido é o destino real.

    CAMINHOS OFICIAIS
    Procure sempre baixar ou atualizar apps nos canais comuns, como a Google Play Store, no Android, e na App Store, no iOS. Desconfie se aparecer um link que aponte para um *.apk — extensão que, no Android, indica programa.

    BLOQUEIE INTRUSOS
    O sistema Android tem uma ‘trava’ padrão, no gerenciador de aplicativos, que proíbe a instalação de programas de “fontes desconhecidas” — como é o caso da maioria dos malwares. Cuidado para não modificar essa configuração.

    E NUNCA É DEMAIS...
    Antivírus para computadores têm extensão para tablets e smartphones.
    PROTEJA-SE