Header Ads

  • Concurso e Empregos

    Confirmada 1ª morte por H1N1 em Juazeiro



    Uma mulher morreu em Juazeiro, no norte da Bahia, por conta da gripe H1N1, segundo informações da Secretaria da Saúde do município. Essa é a primeira morte causada pela gripe na cidade.

    A vítima estava internada em um hospital particular e morreu na última quinta-feira (12). Até agora, já são oito casos suspeitos da doença em Juazeiro, informou a Secretaria da Saúde do município.

    Quatro casos suspeitos da gripe H1N1 foram investigados na cidade até esta terça-feira (17). Dois foram descartados e outros dois confirmados. Em um deles, a paciente se recupera da doença. Outro morte suspeita de ter sido provocada pela H1N1 em Juazeiro ainda é investigada. É a de uma mulher que morreu no dia 28 de abril.

    Boletim
    A morte da mulher em Juazeiro, divulgada nesta terça-feira (17), ainda não entrou no boletim da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), segundo informou o órgão ao G1. Dados da Sesab apontam que, até o dia 13 de maio, foram confirmadas 15 mortes por H1N1 no estado. O número de casos confirmados da doença subiu de 61 para 73.

    Uma morte ocorrida em Vitória da Conqusita, no sudoeste do estado, entrou no último boletim da Sesab, divulgado no dia 9 de maio. A Secretaria da Saúde da cidade informou que a vítima foi uma mulher de 49 anos que foi internada no Hospital Geral do município no dia 3 de maio. Ela morreu no mesmo dia.

    A mulher havia sido encaminhada à unidade de saúde pelo Samu com insuficiência respiratória aguda grave. Ela chegou a receber o medicamento usado no tratamento da H1N1, mas não resistiu. Amostras da vítima foram coletadas para exame da gripe no memso dia, mas o resultado positivo da gripe só foi liberado uma semana após a morte da paciente.

    *G1