-->

Senhor do Bonfim

Região

Bahia

Brasil e o Mundo

Entretenimento

Acessando

Mulher é presa por agredir taxista que recusou a aceitar sexo como pagamento




Uma mulher de 25 anos foi presa em Plymouth, na Inglaterra, por agredir um taxista que se recusou a aceitar sexo como forma de pagamento por uma corrida de £26.50 (cerca de R$ 130).


Segundo informações do jornal 'Mirror', Gemma Pinkerton disse que era prostituta e se ofereceu para ter relações sexuais em troca da corrida. Em seguida, ela agarrou as partes íntimas do taxista, de 20 a 30 vezes.


O homem reagiu e acabou sendo agredido pela britânica. Ainda de acordo com o 'Mirror', o taxista conseguiu expulsar Gemma de dentro do carro, chamou a polícia e explicou a situação.


O incidente ocorreu em julho do ano passado, mas somente nesta semana Gemma foi condenada a dois anos e meio de prisão. "Chega o momento em que vimos o suficiente e você precisa ser punida", disse o juiz Ian Lawrie ao proferir a sentença.


De acordo com o 'Mirror', Gemma, que mora nas ruas e trabalha com prostituição, já possui outras 36 condenações em 64 processos por ofensas sexuais. Em uma delas, inclusive, ela está sendo acusada de ter relações sexuais em um parque público. Na época, uma criança de 6 anos flagrou a cena.

*Correio