-->

Senhor do Bonfim

Região

Bahia

Brasil e o Mundo

Entretenimento

Enem vai exigir biometria na prova para evitar fraude




Estudantes que farão o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) este ano terão um tempo maior para se preparar para a prova. Por causa das eleições municipais, que ocorrem em 2 e 30 de outubro (primeiro e segundo turnos), o exame, que normalmente é realizado em outubro, desta vez será aplicado nos dias 5 e 6 de novembro. As inscrições começam no dia 9 de maio e vão até às 23h59 do dia 20 de maio, pelo site do Enem.



Além de porta-objetos e detectores de metais, o Ministério da Educação vai adotar a identificação digital de todos os candidatos para evitar fraudes. O MEC ainda não decidiu se a biometria será utilizada no primeiro ou nos dois dias de prova. “Não há possibilidade de uma pessoa fazer o exame pela outra, mesmo que sejam muito parecidas. Isso permite que se tomem providências penais a qualquer tempo depois da realização da prova. É fraude zero”, disse o ministro da Educação Aloizio Mercadante.



A taxa de inscrição foi reajustada: subiu de R$ 63, valor em 2015, para R$ 68. O ministro da Educação disse que “não há chance” de o cronograma do Enem ser alterado, aconteça o que acontecer no domingo, quando o impeachment da presidente Dilma Rousseff será votado na Câmara dos Deputados.


“O Enem vai acontecer. Os meninos não podem ser influenciados pelo que estamos vivendo hoje. Esqueçam quem é o ministro, estou pedindo para que os estudantes que têm oportunidade este ano não sejam prejudicados. É a chance de o filho da empregada doméstica virar médico”, afirmou. São esperados 8 milhões de inscrições e 6 milhões de participantes, já que nem todos os estudantes confirmam a inscrição com pagamento do boleto).


Participação

Inscrições - As inscrições começam às 10h do dia 9 de maio e vão até às 23h59 do dia 20 de maio, exclusivamente pelo site do Enem (http://enem.inep.gov.br).

Provas - A prova do dia 5 (sábado) será de Ciências Humanas e da Natureza e terá 4h30 de duração, enquanto no dia 6 (domingo) os candidatos terão 5h30 para concluir a prova de Redação, Matemática e Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. Os portões abrem ao meio-dia, fecham às 13h e a aplicação da prova tem início às 13h30.

Taxa de inscrição - A taxa de R$ 68 poderá ser paga até as 21h59 do dia 25 de maio em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios — e não apenas no Banco do Brasil, como ocorreu em 2015.

Isenção - Estão isentos da taxa de inscrição de R$ 68 os estudantes que, neste ano, concluem o Ensino Médio em escolas públicas e candidatos que declararem carência. Quem obteve o benefício em 2015 e não compareceu à prova não terá esse direito, a não ser que a justificativa apresentada no sistema de inscrição seja aprovada pelo Inep, órgão do Ministério da Educação responsável pela aplicação do Enem.

Cartão - Como no ano passado, o cartão de confirmação não será enviado pelos Correios, mas sim disponibilizado online. O MEC diz que a medida gerou economia de R$ 18 milhões em 2015.

Aplicativo - Estudantes poderão baixar aplicativo gratuito para smartphones. Nele, o candidato vai acompanhar sua inscrição, local de prova, gabarito, informações e avisos sobre a prova. O download pode ser feito em qualquer sistema operacional, como ioS e Android. 

Simulados - Estudantes que quiseram testar seus conhecimentos para o exame têm só até hoje para se inscrever para o 1º simulado, no dia 30 de abril. O endereço do cadastro é http://horadoenem mec.gov.br.


*O Dia