-->

Senhor do Bonfim

Região

Bahia

Brasil e o Mundo

Entretenimento

Acessando

Polícia encontra fotos de crianças segurando armas no celular da mãe




Crianças de seis e três anos de idade posam com revólveres (Foto: Denarc/Divulgação)Uma operação conjunta entre o Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc) e a Radiopatrulha da Polícia Militar deixou os policiais impressionados com a ousadia de três pessoas na terça-feira (15) em Sergipe. Foram encontradas fotos deles e de crianças de três e seis anos de idade segurando armas de fogo.


As imagens com os rostos das pessoas ocultos foram divulgadas dessa forma pela própria polícia. Os celulares dos envolvidos serão submetidos a perícia técnica.


A primeira a ser presa foi uma mulher de 24 anos investigada por tráfico de drogas. A Polícia Civil já tinha informações de que ela e a irmã comercializavam entorpecentes. Ela foi detida quando estava em frente ao Terminal Rodoviário Governador José Rollemberg Leite, conhecida como Rodoviária Nova, no Bairro Capucho em Aracaju. Com ela, foram encontrados um revólver calibre 38 e um tablete com 470 gramas de maconha.


Em seguida, os policiais foram até a casa dela no município de Neópolis e encontraram fotos dos sobrinhos da presa, de três e seis anos, segurando armas de fogo municiadas. Lá também foi achado outro revólver calibre 38 e 60 gramas de cocaína. A mãe das crianças, de 23 anos, foi presa e o namorado dela, de 17 anos, apreendido. O casal que estava na residência no momento da abordagem policial também fez fotos com armas.


“As fotos estavam no celular da mãe dos meninos. Tivemos o cuidado de levá-los para casa de outros familiares para depois fazermos a revista na casa, isso para preservar eles desse momento”, afirmou o delegado Osvaldo Resende. Segundo ele, o Conselho Tutelar e o representante da Justiça em Neópolis foram notificados da ocorrência para que sejam tomadas as medidas cabíveis quanto ao acompanhamento e guarda das crianças.


O delegado do Denarc informou ainda que as irmãs e o adolescente serão indiciados por tráfico de drogas com agravante para o aumento de pena devido o envolvimento de menores de idade (no caso, as crianças), além de associação ao tráfico e porte ilegal de arma de fogo. Eles também são investigados por envolvimento em homicídios. "Encontramos mais fotos das crianças ao lado de drogas", concluiu Osvaldo Resende.

Mais fotos encontradas no celular da mãe das crianças  (Foto: Denarc/Divulgação)

*G1