Header Ads

  • Concurso e Empregos

    Homem é morto a garrafadas no distrito de Pilar em Jaguarari




    REGINALDO CARDOSO DA SILVA, conhecido como “Lobisomem” de 44 anos foi morto a golpes de garrafa na madrugada desta terça-feira (22/03) no distrito de Pilar, a 73 km da sede do município de Jaguarari, o mesmo foi encontrado desacordado por volta das 6hs por populares na Rua da Palma, próximo à lagoa, que acionaram uma ambulância socorrendo REGINALDO ainda com vida, mais durante a viagem entre Pilar para o Hospital Municipal de Jaguarari a vítima veio a óbito, seu corpo ficou na ambulância até o Rabecão do IML vim recolher para a necropsia em Senhor do Bonfim.


    A vítima teve perfuração na jugular o que fez o mesmo perder muito sangue além de ferimentos na cabeça, com suspeita de afundamento de crânio.


    Um suspeito de ter praticado o crime foi detido dormindo há poucos metros do corpo de “Lobisomem”, o mesmo identificado como ANDERSON NUNES MONTEIRO, 21 anos, foi conduzido a Delegacia de Polícia Civil de Jaguarari, próximo a ele a Polícia Militar da 3ª CIA, apreendeu:


    -Uma Garrafa de Uísque;
    -Uma lata de energético Red Bull;
    - Uma garrafa de Vodka;
    - Quatro garrafas de água de coco; 
    - 33 pacotes de pastilha Halls;
    - Uma garrafa de 700 ml de cachaça pura;
    - Três Skol beats; 
    - Uma garrafa de cerveja Heineken; 
    - Uma garrafa quebrada com manchas de sangue;
    - 3 isqueiros;
    - Um Celular Microsoft; 
    - três pinos usados para armazenar cocaína;
    E Vinte e sete reais e quarenta centavos, R$ 27,40.


    ANDERSON foi ouvido pela Delegada Elisa Padilha, onde o mesmo confessou ter ingerido durante todo o dia cerveja e a noite bebeu pitu com coca cola e cheirou cocaína e foi para o lago, que segundo ele afirmou não lembrar mais do que aconteceu, e negou ter matado “Lobisomem”, mesmo com suas roupas com pingos de sangue, as vestimentas foram enviadas para a realização de perícia bem como a garrafa quebrada.

    O mesmo foi autuado em flagrante e enviado para o Complexo Policial de Senhor do Bonfim, onde permanece preso a disposição da justiça.