A estreia de Os Dez Mandamentos — O Filme nesta quinta-feira (28) atraiu uma multidão de fãs para os cinemas em todo o Brasil. Com diversas salas com lotação esgotada, o público fez fila, se organizou em grupos e compareceu em peso para conferir de perto a adaptação da novela da Record, exibida em 2015, para as telonas. Em Campinas (SP), o cinema ficou lotadoAcesse o R7 Play e assista à programação da Record quando quiser







A Paris Filmes, responsável pela distribuição de Os Dez Mandamentos – O Filme, divulgou um comunicado à imprensa, no início da noite desta quinta-feira (28), falando sobre a ocupação das salas pelo público onde o longa está em cartaz.

Mais cedo, dois veículos de comunicação, Portal UOL e O Globo Online, publicaram notas tendenciosas afirmando que algumas salas, nas quais os ingressos estavam esgotados, tinham lugares sobrando durante a exibição.

Segundo o texto da distribuidora, as notícias se basearam em “uma visão limitada do cenário da estreia”. A nota destaca ainda que diversas salas estavam cheias, segundo imagens enviadas pelos próprios complexos de cinema. 

Leia a íntegra do comunicado.

“A Record e a Paris Filmes fazem questão de esclarecer ao público e à imprensa que a matéria "Os Dez Mandamentos" estreia com lugares vagos em sessões esgotadas, veiculada hoje pelo UOL – Universo Online e Estreia tem salas vazias de O Globo Online, levam em consideração uma visão limitada do cenário da estreia.

A foto da sala tirada hoje pela reportagem supostamente em uma sessão cujos ingressos foram adquiridos totalmente, mas sem a capacidade total do público, é fruto das ações de filantropia que foram promovidas por parceiros do filme e que, segundo a própria reportagem, levaram pessoas que pouco haviam ido na vida ao cinema a visitarem um complexo de salas, buscando o conteúdo. Para nós isso é positivo, pois as ações estão claramente formando um novo público para o mercado cinematográfico, o que é extremamente importante para a indústria do entretenimento.

Para corroborar e validar a presença do público nos cinemas, refletindo a massiva e histórica pré-venda, vários gerentes de complexos cinematográficos nos enviaram fotos de suas salas nas sessões até agora realizadas, que como pode ser visto nos anexos, estavam longe de estarem vazias - como por exemplo as salas Playarte Praça da Moça – SP; Cinemark Natal – RN; Cinemark ABC; Playarte Plaza Sul e Praça da Moça; Cinépolis Itaquera; Cinemark Aricanduva e os próprios Cinemarks Boulevard Tatuapé e CMK Tatuapé. Cinemas de Mogi Guaçu e Campinas - SP, Cinemark Aracaju e Cine Sercla – Aracaju – SE também enviaram suas fotos.

Certos de bom trabalho refletido nos recordes quebrados pelo filme até agora, subscrevemo-nos.”

Na tarde desta quinta-feira (28), dois veículos de
comunicação, Portal Uol e O Globo Online, publicaram notas tendenciosas
afirmando que algumas salas, nas quais os ingressos estavam esgotados, tinham
lugares sobrando durante a exibição. A Paris Filmes, responsável pela
distribuição do longa, esclareceu que as reportagens não
representavam a realidade da estreia. Nas redes sociais, o
assunto virou piada. A reportagem do UOL entrou também em uma sala que não fazia parte das vendas antecipadas e no momento em que as pessoas ainda estavam entrando

A reportagem do UOL entrou também em uma sala que não fazia parte das vendas antecipadas e no momento em que as pessoas ainda estavam entrando.

As imagens das salas cheias foram divulgadas pelos próprios complexos de cinema. No destaque, as salas de cinema em Mogi Guaçu (SP)


Postar um comentário :